COMUNICADO


COMUNICADO

Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO

COMUNICADO DA JUSTIÇA ELEITORAL AOS ELEITORES DE AGRESTINA

COMUNICADO DA JUSTIÇA ELEITORAL AOS ELEITORES DE AGRESTINA
A Justiça Eleitoral informa aos eleitores de Agrestina que se encontra em fase final a Revisão Biométrica do Eleitorado. Não deixe para a última hora. O comparecimento é obrigatório para todos os eleitores, independentemente da idade, a fim de evitar o cancelamento do título de eleitor e do CPF, ocasionando o bloqueio no recebimento de benefícios sociais como o Bolsa-Família, pensões e aposentadorias. Procure o Cartório Eleitoral para regularizar sua situação.

VEM AI A PRIMEIRA FESTA DAS CRIANÇAS EM AGRESTINA

VEM AI A PRIMEIRA FESTA DAS CRIANÇAS EM AGRESTINA

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

PHARMÁCIAS BOM JESUS

PHARMÁCIAS BOM JESUS

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

JACKSON CELL

JACKSON CELL

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

CINCO HOMENS ACUSADOS DE HOMICÍDIO EM AGRESTINA SÃO JULGADOS NA VARA DO JÚRI DE CARUARU E SÃO ABSOLVIDOS DA ACUSAÇÃO




Foi realizado nessa terça-feira (13) na Vara do Júri do Fórum Demóstenes Veras em Caruaru, o julgamento dos cinco acusados da morte do ex-presidiário, Josimar da Silva,vulgo “Cara Véia” de 31 anos, que foi assassinado a tiros no dia 7 de junho de 2009 na cidade de Agrestina. Apesar do crime ter sido cometido em Agrestina a Comarca de Agrestina optou pelo desaforamento do julgamento e realiza-lo no Fórum de Caruaru.

Os acusados do crime que sentaram nos bancos dos réus são José Everaldo da Silva, de 43 anos; José Willison Ferreira Barbosa, vulgo “Ecinho” de 31 anos; Herculano Antônio Santos de Andrade, de 35 anos; Ivan Lucas da Silva Junior, vulgo “Junior Cabeção” de 34 anos e José Carlos da Silva, vulgo “Carlinhos de Dedinha” de 40 anos, que já estão presos acusados de terem cometido um outro assassinato em Agrestina e foram sentenciados desde o ano de 2013. Os acusados estão presos desde a deflagração da Operação Carcará, que foi realizada em 2009 e resultou na prisão de 20 pessoas e contra eles havia provas técnicas obtidas através de escutas telefônicas.
O advogado criminalista Dr. Artur Ramos, que defendeu três dos acusados, disse que apesar das chamadas provas técnicas, a defesa teve muito trabalho para provar a inocência dos réus, que mesmo tendo sido condenados pelo outro homicídio, foram inocentados, pois as datas que eles teriam falado do desejo de matar a vítima, nas escutas telefônicas, não batia com o assassinato e não foi esclarecido pela acusação a motivação que eles teriam, apenas que Herculano, “Junior Cabeção” e “Carlinhos de Dedinha” foram acusados de terem encomendado o crime e que os executores seriam José Everaldo e “Ecinho”, o advogado disse ainda que os seus clientes são não inocentes dessa acusação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.