COMUNICADO


COMUNICADO

Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO

MUTIRÃO DA BIOMETRIA EM AGRESTINA

MUTIRÃO DA BIOMETRIA EM AGRESTINA
A Justiça Eleitoral informa aos eleitores de Agrestina que ainda não fizeram o seu recadastramento biométrico que, somente no período de 16/10/2017 a 15/12/2017, o atendimento será realizado sem necessidade de agendamento. Aproveite a última oportunidade do ano. O comparecimento é obrigatório para todos os eleitores, independentemente da idade, a fim de evitar o cancelamento do título de eleitor, problemas no CPF e bloqueio no recebimento de benefícios sociais como o Bolsa-Família, pensões e aposentadorias.

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

PHARMÁCIAS BOM JESUS

PHARMÁCIAS BOM JESUS

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

JACKSON CELL

JACKSON CELL

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO PRENDE JOVEM QUE PARTICIPOU DA MORTE DO ESPOSO DA AVÓ EM ARCOVERDE E OS MELIANTES MATARAM A VÍTIMA PARA ROUBAR O SEU DINHEIRO

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (21), o auxiliar de serviços gerais, Juvenal José Mendes de Araújo, mais conhecido como "Júnior ", de 20 anos, por suspeitas de sua participação no crime de latrocínio que vitimou Djaci Siqueira Lira, ocorrido no interior da residência da vítima, situada na Rua Alfredo de Souza Padilha, no bairro São Cristóvão,  na noite do dia 25/09/2016. 

A Polícia Civil apurou que a vítima havia recebido o pagamento de um terreno e guardado o valor em casa e o investigado, que é neto da companheira de Djaci, teria tramado com outros comparsas ainda não identificados, para subtração dos valores. Ocorre que a vítima resistiu e terminou baleada, tendo morrido em decorrência dos ferimentos.  Assim sendo, a autoridade policial solicitou a prisão temporária do suspeito, que foi decretada pela Vara Criminal local. 

O preso após ser interrogado foi recolhido ao Presídio Advogado Brito Alves, onde deve permanecer até o término das investigações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.