COMUNICADO


COMUNICADO

Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO

MUTIRÃO DA BIOMETRIA EM AGRESTINA

MUTIRÃO DA BIOMETRIA EM AGRESTINA
A Justiça Eleitoral informa aos eleitores de Agrestina que ainda não fizeram o seu recadastramento biométrico que, somente no período de 16/10/2017 a 15/12/2017, o atendimento será realizado sem necessidade de agendamento. Aproveite a última oportunidade do ano. O comparecimento é obrigatório para todos os eleitores, independentemente da idade, a fim de evitar o cancelamento do título de eleitor, problemas no CPF e bloqueio no recebimento de benefícios sociais como o Bolsa-Família, pensões e aposentadorias.

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

PHARMÁCIAS BOM JESUS

PHARMÁCIAS BOM JESUS

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

JACKSON CELL

JACKSON CELL

quinta-feira, 22 de junho de 2017

LEITURISTA DA CELPE FOI ASSASSINADO NO MORRO BOM JESUS EM CARUARU





No início da tarde desta quinta-feira (22) um crime de morte chocou o caruaruense, o fato ocorreu por trás do Colégio Antonia Cavalcante, na Rua Fortaleza, nas escadarias do Morro Bom Jesus e teve como vítima, o jovem, Ricardo Fhilipe da Silva Cavalcanti, de 25 anos, que morava no Sítio Lagoa de Pedra, na zona rural da cidade. Ele foi atingido por disparos de arma de fogo, o Samu e o Corpo de Bombeiros foram acionados, mas a vítima já estava em óbito, o mesmo trabalhava como leiturista de uma empresa terceirizada que presta serviços a Celpe.

soldado P. Guimarães, disse que o leiturista estava trabalhando, deixou a moto estacionada na parte de baixo da rua e subiu para coletar dados dos contadores de energia e segundo populares ele foi morto ao reagir a um assalto, caracterizando assim um latrocínio.

Apesar dessa informação de que ele reagiu a um assalto, funcionários da empresa disseram que ele trabalhava a área rural da cidade e como o colega que é o responsável pela área onde ocorreu o crime teve dificuldade de fazer a leitura do consumo de energia de uma determinada casa e coincidentemente foi morto próximo a esse imóvel. Os funcionários dissera que constantemente tem sido assaltados no Morro Bom Jesus.

O delegado do caso, Dr. Márcio Cruz, foi ao local com a sua equipe e está colhendo todos os detalhes.


Este foi o 14º crime de morte do mês de junho e o 147º do ano de 2017 e o corpo foi encaminhado para o IML local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.