COMUNICADO


COMUNICADO

Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve, em especial, aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO

MUTIRÃO DA BIOMETRIA EM AGRESTINA

MUTIRÃO DA BIOMETRIA EM AGRESTINA
A Justiça Eleitoral informa aos eleitores de Agrestina que ainda não fizeram o seu recadastramento biométrico que, somente no período de 16/10/2017 a 15/12/2017, o atendimento será realizado sem necessidade de agendamento. Aproveite a última oportunidade do ano. O comparecimento é obrigatório para todos os eleitores, independentemente da idade, a fim de evitar o cancelamento do título de eleitor, problemas no CPF e bloqueio no recebimento de benefícios sociais como o Bolsa-Família, pensões e aposentadorias.

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

ACADEMIA UP FITNESS AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

BARBEARIA TOK ESPECIAL EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

IVAN BEBIDAS EM AGRESTINA

PHARMÁCIAS BOM JESUS

PHARMÁCIAS BOM JESUS

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

NOVA INTERNET A PIONEIRA EM AGRESTINA

JACKSON CELL

JACKSON CELL

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

PROCURADO POR HOMICÍDIO CULPOSO É DETIDO EM CABROBÓ

Homem havia sido condenado a pena de prestação de serviços à comunidade, que foi convertida em pena privativa de liberdade, após ele não comparecer em juízo

Um motorista de caminhão, de 37 anos, procurado pelo crime de homicídio culposo na direção de veículo automotor, foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta sexta-feira (11), na BR 428, em Cabrobó, no Sertão de Pernambuco. O homem era procurado desde maio deste ano, a partir de um mandado expedido pela Vara de Execuções Criminais de Sumaré, em São Paulo.

Agentes da PRF realizavam uma fiscalização no quilômetro cinco da rodovia, quando deram ordem de parada ao condutor de um caminhão que transportava engradados vazios. Durante uma consulta, foi descoberto o mandado de prisão em aberto. O homem havia sido condenado a pena de prestação de serviços à comunidade, que foi convertida em pena privativa de liberdade, após ele não ser encontrado no endereço indicado nos autos nem comparecer em juízo.


O motorista estava retornando para São Paulo com a esposa e os filhos. Ele não ofereceu resistência durante a abordagem e informou que não sabia do mandado de prisão. A equipe o encaminhou à delegacia de Polícia Civil de Cabrobó, para as providências cabíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.